SIC K, um canal televisivo para crianças do Século XXI: multi-valores veiculados através das grelhas de programação.

19
Jan 11

Lista de Projectos com a temática identica e relacionada com o canal SIC K.


Miguel Lima (http://miguellima.blogs.ua.sapo.pt/):

Programação SIC K
SIC K: um canal diferente

Hugo Pereira (http://programacaoksic.blogs.ua.sapo.pt/):

Programação SIC K
Tendências nacionais e internacionais da programação televisiva para crianças em contraponto com as opções da programação da SIC K

Nazaré Rocha:

Emissão de efeitos.
Estudo dos impactos da programação televisiva da SIC K no comportamentos de crianças dos 4-6 anos.

Tiago Moutinho(http://moutinho.blogs.ua.sapo.pt/):

Cross-Platform.
Contributo para a dinamização do canal temático televisivo SIC K através da convergência de multi-plataformas.

Cecília Cristo(http://ccristo.blogs.ua.sapo.pt/):

Emissão de efeitos.
Estudo dos impactos da programação televisiva da SIC K em grupos de crianças dos 8-10 anos.


14
Jan 11

Povo se alguem tiver paciencia e der uma vista de olhos nisto, digam-me se acham q tem aqui alguma coisa sem logica? :)

Bom trabalho para todos e vamos la.. dia 19 é já ali ao lado! Durezaaaa :*

 

Questão de investigação:

Quais são os efeitos da programação da SIC K em crianças dos 6 aos 8 anos?

Conceitos

Dimensões

Indicadores

Público-Alvo

Crianças

Idade

Sexo

Escolaridade

Agregado familiar

Caracterização das crianças dos dias de hoje

Consumo televisivo

Crianças

Educação televisiva

Tipos de programas

Nº de horas de visualização

Onde vem?

O que vêm?

Comportamentos

Crianças

Acções

Jogos

Motivações

Influência

SIC K

 

Canal televisivo especializado

Géneros de programas

Temáticas de programação

Horários

Apresentadores

Canais concorrentes

Filosofia e Identidade

Televisão

Médium

Socialização

Interacção

Comunicação

Programação

Horários

Conteúdos

Especialização

Targets

Cultura


VERSAO 2  - projecto – 20/12/10

KSIC - Emissão-efeitos

KSIC um canal televisivo para crianças do Século XXI: multi-valores veiculados através das grelhas de programação.

Título:

Efeitos da programação da SIC K em crianças dos 6 aos 8 anos: em questão os multi-valores.

Palavras-Chave:

Televisão, Animação 2D e 3D, Medium, Programação, Géneros (programação) Crianças, Mensagem (de cada programa), Tendências, Preferência, Valores, Apresentadores.

Objecto de estudo:

Um canal pensado exclusivamente para os jovens.

O SIC K foi o primeiro canal em Portugal, pensado exclusivamente para crianças e jovens entre os sete e os quatorze anos. Desde o seu nascimento, a 18 de Dezembro de 2009, que este tem sido a opção aos canais do mesmo género existentes, pela diferenciação que apresenta e diversidade de conteúdos. Recheado de surpresas e apostando na variedade, tem como princípios: o divertimento, a inteligência e o espírito critico de cada um. O SIC K está inteiramente ao lado dos seus espectadores, acompanhando-os e ajudando-os a ultrapassar as mudanças de personalidade a que este público-alvo esta exposto.

Na sua génese é um canal de entretenimento, com especial enfoque em live action e programação em português. O SIC K tem uma grande componente de responsabilidade social para com o seu público. O SIC Kids é um companheiro e um aliado que tentará mostrar como são o mundo e a vida, sem nunca esquecer que o entretenimento e a diversão são parte fundamental e marcante do dia a dia do seu público.

Com uma grelha de programação cheia de aventuras, com desenhos animados e não só, o SIC K procura desenvolver o espírito crítico dos seus telespectadores independentemente da idade, evitando assim ser interpretado como apenas mais um canal construído a partir do somatório de programas.

 

Fonte: http://sic.sapo.pt/online/sites+sic/sic+institucional/universo/SIC+K.htm

 

Justificação:

 

É necessário um estudo das crianças de hoje em dia para tentar perceber o que elas querem e gostam de ver, para assim tornar a programação do canal SIC K mais direccionada e competitiva no que toca à comparação com canais do mesmo género.

Problema: necessidade do estudo?

Este estudo torna-se necessário porque primeiro, existem variados e numerosos canais temáticos direccionados para as crianças de hoje e é importante que cada um ganhe o seu espaço, o melhor espaço entre todos. Depois para além disto, é um estudo que criará uma conclusão da amostra da zona onde vivem as crianças e que posteriormente poderão levar a um estudo mais alargado ao território nacional de maneira a torna-lo mais fiável e real. Com isto, poderá a programação do canal ser melhor direccionada para o que as crianças de hoje gostam mais de consumir audiovisualmente.

Motivações pessoais:

Escolhi a temática “KSIC um canal televisivo para crianças do Século XXI: multi-valores veiculados através das grelhas de programação”, porque para além de se tratar duma proposta que está ligada a um canal televisivo de carácter generalista, o que por si só me incute um maior interesse, é um tema que se remete para o estudo das influências que um canal televisivo tem no público-alvo para o qual está destinado, neste caso, as crianças. O estudo comportamental e educacional de um canal televisivo, complementado pelo carácter audiovisual do tema em questão suscitaram-me um maior desejo em estuda-lo. Penso que este tipo de investigação tem importância, na medida em que o canal cria a sua imagem e maneira de pensar a programação e estruturação da emissão perante os telespectadores. Esta emissão terá um efeito nos utilizadores da “caixa mágica” (TV), efeito esse que poderá ser positivo ou negativo, tendo em conta a reacção do público-alvo.  Com essas reacções, a KSIC, poderá analisar e escolher os melhores caminhos a tomar no crescimento e obtenção do seu espaço entre os canais da concorrência, que é no fundo a razão da estratégia de emissão televisiva.

Finalidade: O que traz de novo?

A finalidade deste estudo será oferecer novas perspectivas de emissão para o canal temático SIC K, para os dias de hoje, para as crianças de hoje. Através das crianças, dos seus pais e educadores será retirada informação útil para ser complementada com o estado da arte previamente pesquisado e assim tentar conseguir um resultado coerente em termos de programação.

Espero encontrar estratégias e entender a maneira como as crianças pensam e agem para tornar a programação mais direccionada para eles. O horário e target para o qual são direccionados certo tipo de programa é pensado estrategicamente e esse estudo interessará para comparar a programação actual com uma que supostamente poderia ser mais convincente para as crianças de maneira as atrair e ligá-las ainda mais à marca SIC K.

Contudo, nem tudo o que as crianças querem é o melhor para elas, e sendo assim, o facto de os pais e educadores também participarem deste estudo vai equilibrar um pouco a balança do racional e exequível.

Objectivos:

Avaliar as preferências e escolhas das crianças através de um questionário ou inquérito para tentar perceber para onde, hoje em dia, se direccionam a maioria das ideias que vão nas cabeças deste público especial e cada vez mais importante na indústria televisiva. Irá ser feito um estudo geral dos canais temáticos (infantis) para ter um termo de comparação e perceber como funciona a “mente” de um canal deste género para tentar direccionar as escolhas da emissão de maneira a obter mais audiência. Existe também a intenção de receber opiniões dos pais e educadores das crianças para assim obter um maior suporte e coerência ao estudo.


Esqueci-me de postar o mind map quando o tenho pronto já desde Outubro, mas bem.. dá para ficarem com uma ideia geral do projecto i guess ;)

 


26
Out 10

KSIC - Emissão-efeitos
KSIC um canal televisivo para crianças do Século XXI: multi-valores veiculados através das grelhas de programação.

Título:
Estudo dos efeitos da programação da SIC K em crianças dos 6 aos 8 anos: recolha de ideias das crianças para novas opções de programação.

Palavras-Chave:
SIC K, TV, Desenhos animados, Programação, Crianças, Tendências, Preferências

Justificação:
É necessário um estudo das crianças de hoje em dia para tentar perceber o que elas querem e gostam de ver, para assim tornar a programação do canal SIC K mais direccionada e competitiva no que toca à comparação com canais do mesmo género.


Problema: necessidade do estudo?
Este estudo torna-se necessário porque primeiro, existem variados e numerosos canais temáticos direccionados para as crianças de hoje e é importante que cada um ganhe o seu espaço, o melhor espaço entre todos. Depois para além disto, é um estudo que criará uma conclusão da amostra da zona onde vivem as crianças e que posteriormente poderão levar a um estudo mais alargado ao território nacional de maneira a torna-lo mais fiável e real. Com isto, poderá a programação do canal ser melhor direccionada para o que as crianças de hoje gostam mais de consumir audiovisualmente.

Motivações pessoais:
Escolhi a temática “KSIC um canal televisivo para crianças do Século XXI: multi-valores veiculados através das grelhas de programação”, porque para além de se tratar duma proposta que está ligada a um canal televisivo de carácter generalista, o que por si só me incute um maior interesse, é um tema que se remete para o estudo das influências que um canal televisivo tem no público-alvo para o qual está destinado, neste caso, as crianças. O estudo comportamental e educacional de um canal televisivo, complementado pelo carácter audiovisual do tema em questão suscitaram-me um maior desejo em estuda-lo. Penso que este tipo de investigação tem importância, na medida em que o canal cria a sua imagem e maneira de pensar a programação e estruturação da emissão perante os telespectadores. Esta emissão terá um efeito nos utilizadores da “caixa mágica” (TV), efeito esse que poderá ser positivo ou negativo, tendo em conta a reacção do público-alvo.  Com essas reacções, a KSIC, poderá analisar e escolher os melhores caminhos a tomar no crescimento e obtenção do seu espaço entre os canais da concorrência, que é no fundo a razão da estratégia de emissão televisiva.

Finalidade: O que traz de novo?
A finalidade deste estudo será oferecer novas perspectivas de emissão para o canal temático SIC K, para os dias de hoje, para as crianças de hoje. Através das crianças, dos seus pais e educadores será retirada informação útil para ser complementada com o estado da arte previamente pesquisado e assim tentar conseguir um resultado coerente em termos de programação.
Espero encontrar estratégias e entender a maneira como as crianças pensam e agem para tornar a programação mais direccionada para eles. O horário e target para o qual são direccionados certo tipo de programa é pensado estrategicamente e esse estudo interessará para comparar a programação actual com uma que supostamente poderia ser mais convincente para as crianças de maneira as atrair e ligá-las ainda mais à marca SIC K.
Contudo, nem tudo o que as crianças querem é o melhor para elas, e sendo assim, o facto de os pais e educadores também participarem deste estudo vai equilibrar um pouco a balança do racional e exequível.

Objectivos:
Avaliar as preferências e escolhas das crianças através de um questionário ou inquérito para tentar perceber para onde, hoje em dia, se direccionam a maioria das ideias que vão nas cabeças deste público especial e cada vez mais importante na indústria televisiva. Irá ser feito um estudo geral dos canais temáticos (infantis) para ter um termo de comparação e perceber como funciona a “mente” de um canal deste género para tentar direccionar as escolhas da emissão de maneira a obter mais audiência. Existe também a intenção de receber opiniões dos pais e educadores das crianças para assim obter um maior suporte e coerência ao estudo.

Mário João Castro


06
Out 10

Sugestão de hiperligações/recursos importantes

PEREIRA, Sara (2006). “Televisão para crianças em Portugal: critérios e tendências de programação. Universidade do Minho, Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade”, Portugal. URL: http://www.hapaxmedia.net/ibercom/pdf/PereiraSara.pdf

PINTO, Manuel (2001). “A Televisão, a vida quotidiana e o direito de participação das crianças na escola e na comunidade”. Revista Iberoamericana da Educación mayo-agosto, numero 026. España. URL: http://www.rieoei.org/rie26a06.htm

PINTO, Manuel (2000). “A Televisão o quotidiano das crianças”. Porto, Edições Afrontamento, 2000ª. URL: http://www.wook.pt/ficha/a-televisao-no-quotidiano-das-criancas/a/id/75784

Symantec Corporation (2010). “Norton Family Report. Portuguese. June9”. URL: http://us.norton.com/theme.jsp?themeid=norton_online_family_report

Obercom – Observatório da Comunicação (2008/2009). “Barómetro - Media e Comunicação: tendências 2008/2009”. URL: http://www.obercom.pt/content/560.np3

Obercom – Observatório da Comunicação. (2000). “Revista Observatório Nº 1 “Os media na era digital””. URL: http://www.obercom.pt/content/85.cp3

Jornal Expresso (24 de Março de 2010). “Futuro dos media debatido em Lisboa”. URL: http://aeiou.expresso.pt/futuro-dos-imediai-debatido-em-lisboa=f572615
 

BUCKINGHAM, David (2007). “The Impact of the Media on Children and Young People with a particular focus on computer games and the internet.”. London. URL: http://www.dcsf.gov.uk/byronreview/pdfs/Buckingham%20Impact%20of%20Media%20Literature%20Review%20for%20the%20Byron%20Review.pdf

UNESCO International Clearinghouse on Children and Violence on the Screem (Janeiro de 2002). “Children and Media: image, education, participation”. URL: http://unesdoc.unesco.org/images/0012/001278/127896por.pdf

SIMÕES, José Alberto; PONTE, Cristina. (2008)“Crianças e jovens online: comparando os usos da Internet e dos novos media na Europa.

Algumas pistas de reflexão a partir do projecto EU Kids Online”. URL: http://www.fcsh.unl.pt/eukidsonline/docs/ComunicacaoCP-JAS.pdf

PEREIRA, Sara (1998). “A televisão na família. Processos de mediação com crianças em idade pré-escolar”. Braga, Portugal. URL: http://repositorium.sdum.uminho.pt/bitstream/1822/4265/1/TVnaFam%25C3%25ADlia.pdf

O que já se fez de relevante na minha área de investigação até hoje (+3 exemplos)?

.
Centre for the Study of Children, Youth and Media, Institute of Education, London

Descrição: Este centro estuda as crianças e a influência que recebem dos média. Neste caso encontrei um estudo que se foca mais nos jogos de computador e na internet mas que estão claramente aliados a um processo de entretenimento que acompanha o crescimento das crianças de hoje em dia.
Documento: http://www.dcsf.gov.uk/byronreview/pdfs/Buckingham%20Impact%20of%20Media%20Literature%20Review%20for%20the%20Byron%20Review.pdf 
Centro de Estudos:
http://www.childrenyouthandmedia.org.uk/

. Portal TV Digital, Portugal e Televisão Digital Terreste, Portugal

Descrição:
Este primeiro website trata maioritáriamente das tecnologias desenvolvidas e procura manter actualizada a população que se interessa por assuntos relacionados com a TV em geral e mais concretamente a Digital.
O segundo é um forum criado pela RTP, SIC, TVI e PT de maneira a dar a conhecer a TDT e a difundi-la no meio nacional, já que foi esta a norma aprovada pela Comissão Europeia em abolição ao sinal analógico existente até hoje.

Aqui concentram-se alguns documentos de investigação acerca dos potenciais desta nova tecnologia e o que elas podem oferecer aos canais para obterem melhores resultados no que toca ao contacto com o público alvo.

Documento tipo: http://www.tvdigital.tecnopt.com/documentacao/Desafios_Televisao_Digital_TDT.pdf

Sites: http://www.tvdigital.tecnopt.com/, http://tdt.telecom.pt/

. UNESCO International Clearinghouse on Children and Violence on the Screem — Yearbook 1999.

Livro: “Children and Media: image, education, participation"

Descrição: Como o próprio nome do documento indica, está baseado no estudo da imagem, educação e participação das crianças nos média. Resumidamente clarifica o acesso da criança à media e ao uso da mesma, a imagem que a criança tem na media, que participação e educação têm as crianças e ainda disponibiliza um leque de Declarações Internacionais e Regionais da criança e dos media.
Link do Livro: http://www.eric.ed.gov/ERICWebPortal/search/detailmini.jsp?_nfpb=true&_&ERICExtSearch_SearchValue_0=ED438894&ERICExtSearch_SearchType_0=no&accno=ED438894

Quem publicou:
UNESCO International Clearinghouse on Children and Violence on the Screen
Quais os resultados mais importantes da investigação produzida?
Após esta pesquisa de documentos e estudos acerca da minha àrea de estudo posso perceber, apesar de pensar o contrário, que existem bastantes pessoas dedicadas (Rui Cádima, Manuel Pinto, etc) a tentar perceber como a emissão televisiva e a nova geração de audiovisuais influênciam as pessoas, mais concretamente as crianças. O facto de existirem canais temáticos infantis em formato pago, dá a entender que as pessoas procuram ter este tipo de serviço apesar de ter um custo extra. Assim, algo de positivo se pode retirar daqui e ir mais além, estudando como se poderá cada vez mais, oferecer um melhor serviço.


Porque escolhi esta temática?
Escolhi a temática “KSIC um canal televisivo para crianças do Século XXI: multi-valores veiculados através das grelhas de programação.”, porque para além de se tratar duma proposta que está ligada a um canal televisivo de carácter generalista, o que por si só me incute um maior interesse, é um tema que se remete para o estudo das influências que um canal televisivo tem no público alvo para o qual está destinado, neste caso, as crianças. O estudo comportamental e educacional de um canal televisivo, complementado pelo caracter audiovisual do tema em questão suscitaram-me um maior desejo em estuda-lo.Penso que este tipo de investigação têm importância, na medida em que o canal cria a sua imagem e maneira de pensar a programação e estruturação da emissão perante os telespectadores. Esta emissão terá um efeito nos utilizadores da “caixa mágica” (TV), efeito esse que poderá ser positivo ou negativo, tendo em conta a reação do público-alvo. Com essas reacções, a KSIC, poderá analisar e escolher os melhores caminhos a tomar no crescimento e obtenção do seu espaço entre os canais da concorrência, que é no fundo a razão da estratégia de emissão televisiva.


Que título daria, neste momento, à minha investigação (3 hipóteses, neste caso 4)? 1. O que as crianças “exigem” ver hoje em dia.
2. Educação televisiva de um canal temático infantil.
3. Como cativar televisivamente um público tão exigente como o pré-adolescente?
4. A influência televisiva na educação e formação social das crianças dos 6 aos 8 anos : estudo de caso SIC K.

Gonna do's:
.Tentar perceber de que maneira a SIC K trabalha para servir as crianças de hoje, audiovisualmente, de maneira a cativa-las e a fazê-las ver aquele canal e não outro.
.Estudo geral dos canais temáticos (infantis) para ter um termo de comparação e perceber como funciona a “mente” de um canal deste género.
.Analisar a capacidade educacional de um canal como a SIC K.

(Not) gonna do's:
.Estudar as estratégias de divulgação fora do formato televisivo.
.Um estudo de caso isolado, tentarei sempre ter um ponto de comparação para sustentar o que for constatado.

Perhaps I'll do:
.Como escolher os conteúdos e em que horas teriam mais impacto na emissão.
.Quais serão as tendencias futuras relativamente à programação deste canal para criar um maior aglomerado de espectadores.

Don't have clues:
.Que metologia vou utilizar (entrevista? Questionario? Hum…)

.Como tornar este estudo um bom guia para quem o for ler no futuro.
.Em que me vou centrar realmente? Tendo em conta que dentro da emissão televisiva existem muitos pontos a serem focados e sabendo que este documento deverá ser focado ao máximo em um assunto.


Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
15

16
17
18
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


subscrever feeds
arquivos
2011

2010

mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO